Jogando por Música – 29/11/2010

Padrão

 

Começaram as vendas de ingressos para shows do Iron Maiden em 2011

iron-maiden-1

Começaram no último sábado (27/11) as vendas de ingressos para os shows da "The Final Frontier World Tour", que aterrisa no Brasil em março de 2011.

O Iron Maiden se apresenta com a nova turnê em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife e Curitiba. Os ingressos para as capitais paulista e paraense começam a ser vendidos amanhã. Os fãs do Rio de Janeiro poderão comprar ingressos a apartir do dia 02 de dezembro. No Recife as vendas começam dia 04 de dezembro. Dois dias depois, os ingressos estarão disponíveis tambpem em Brasilia. As vendas em Curitiba ainda não foram anunciadas.
Sobre a turnê que passa pelo Brasil, Bruce Dickinson, vocalista do grupo, comenta: “É sempre ótimo voltar à America Latina onde nossos fãs estão entre os mais apaixonados do planeta! Os fãs brasileiros são um exemplo perfeito dessa paixão e sempre sentimos uma enorme responsabilidade ao tocar ao vivo no Brasil, porque temos a obrigação de dar o nosso melhor, merecer a lealdade de todos esses fãs. É especialmente excitante nesta turnê – graças ao nosso “tapete mágico” ED Force One – a possibilidade de estar em lugares onde nunca estivemos. Estamos muito ansiosos por tocar em Belém pela primeira vez, queremos ver se os fãs são tão especiais como os do resto do Brasil. E, claro, será extremamente excitante se apresentar no Estádio do Morumbi em S.Paulo, em uma noite que promete ser muito especial! Para essa nova turnê, nós temos um palco completamente novo, como muitas novidades e um set list que trará musicas de nosso último álbum, The Final Frontier, além de músicas familiares de outros álbuns que temos certeza que os fãs querem ouvir e…. claro, um novo e espetacular Eddie!”

Confira as informações oficiais sobre a passagem do Iron Maiden pelo Brasil em 2011:

26/03/2011 – São Paulo/SP
Estádio do Morumbi – Praça Roberto Gomes Pedrosa
Abertura dos portões: 15h00
Horário do show: 21h30
Ingressos: R$ 350,00 (Pista Premium), R$ 190,00 (Pista), R$ 220,00 (Cadeira inferior A), R$ 220,00 (Cadeira inferior B), R$ 250,00 (Cadeira coberta azul), R$ 250,00 (Cadeira coberta vermelha), R$ 250,00 (Cadeira coberta laranja), R$ 300,00 (Cadeira premium azul), R$ 100,00 (Arquibancada azul), R$ 100,00 (Arquibancada vermelha), R$ 100,00 (Arquibancada laranja), R$ 120,00 (Arquibancada especial vermelha) e R$ 300,00 (Cadeira premium laranja)
Início das vendas: 27/11/2010
Classificação etária: 14 anos (menores de 14 anos acompanhados dos pais ou responsável legal)
Informações: 11 4003 1527 / www.livepass.com.br

27/03/2011 – Rio de Janeiro/RJ
HSBC Arena – Av. Embaixador Abelardo Bueno, 3.401

30/03/2011 – Brasília/DF
Ginásio Nilson Nelson – Asa Norte – Eixo Monumental

01/04/2011 – Belém/PA
Parque de Exposições
Ingressos: R$ 85,00 (Pista meia), R$ 170,00 (Pista Inteira), R$ 300,00 (Área Vip Meia), R$ 600,00 (Área Vip Inteira), R$ 250,00 (Camarote Meia) e R$ 500,00 (Camarote Inteira). Preços promocionais.
Início das vendas: 27/11/2010
Informações: (11) 8628-0011 / (81) 9637-7412 / (82) 3311-8202 / (84) 9951-8673

03/04/2011 – Recife/PE
Parque de Exposições – Av. Caxangá, 2.200

05/04/2011 – Curitiba/PR
Estacionamento do Expotrade

 

E o nosso lançamento de hoje vem das Alagoas: Gato Zarolho

GATO ZAROLHO

Felinos são animais curiosos: são pouco afeitos a ordens, vêem bem no escuro, mudam de quintal com pouca dificuldade… Se forem zarolhos então, nunca olham pra uma só direção…

Em Outubro de 2004, retomando, depois de um ano, um projeto prematuramente interrompido, a recém reestruturada GATO ZAROLHO, deu início aos ensaios que culminaram na estréia da banda no Museu da Imagem e do Som de Alagoas –MISA. A apresentação seguinte se deu no IV Festival de Cultura e Arte da UFAL – FUCA, cabendo ressaltar a participação em quatro grandes projetos culturais do Estado de Alagoas: VII FEMUSESC, onde obteve classificação com a música “Sozinha jornada marinha”, no TEATRO É O MAIOR BARATO, no MISA Acústico e na XVIII ARTNOR feira realizada nesse ano.

O processo de composição da banda busca desde seu início, valorizar a fusão da personalidade musical de seus integrantes. Dessa forma, não será difícil encontrar pitadas de regionalismo nordestino em meio a chorinhos e blues, músicas contemplativas em meio a experimentalismos harmônico-melodico-ritmicos.

Essas inquietações podem ser vistas diretamente nas letras das músicas como um lirismo inconformado.

De quantos modos uma música pode ser ouvida? Um poema pode ser lido? Um quadro pode ser olhado? A Gato Zarolho não sabe e recomenda que quem saiba não nos informe.

Afinal é esse não saber que nos estimula a mudar tanto de óculos, de ângulos, que faz a zabumba pesar nas nossas costas tanto quanto uma flauta.

O SHOW

O show tem aproximadamente 1 hora e 20 minutos de duração. Durante a apresentação há constante intervenções de poesias e danças, que complementam o sentido das músicas executadas.

Além de música, poesia, e dança, o show contará ainda com telão que ajudará a sintetizar a proposta da banda.

A dança, no show, estará destituída de suas funções puramente coreográficas: O experimental e o contemporâneo serão os ingredientes que irão compor as intervenções corporais.

Lançamento de hoje no Jogandp por Música

Segunda edição do Choro Jazz Jericoacoara espalha música pela areia
Por CARLOS BOZZO JUNIOR

jericoacoara

A vila de pescadores de Jericoacoara ou Jeri, assim alcunhada por seus moradores e fiéis frequentadores, terá cinco dias de shows, workshops e "canjas", com atrações imperdíveis, de graça.

O local, que fica no ponto mais setentrional da costa cearense, a 300 km de Fortaleza é uma APA (Área de Proteção Ambiental) situada no entorno do Parque Nacional de Jericoacoara. Seu acesso, por terra, só é possível utilizando-se veículos com tração nas quatro rodas, dada às condições da indefinida e mutante estrada de 20 km, entre dunas.

Com a expectativa de receber mais de 500 pessoas para o evento, medidas foram adotadas para garantir que o local não sofra impacto ambiental ou traga risco à população e aos seus muitos visitantes –na maioria estrangeiros.

"Haverá recipientes coletores para o lixo, banheiros químicos, ambulância e segurança suficiente para atender a todos", garantiu José Osmar Fonteles, secretário de Turismo e Meio Ambiente da Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara, em entrevista à Folha, por telefone.

Idealizador e produtor do festival, o gaúcho Antonio Ivan Santos da Silva, 47, conhecido como "Capucho", disse à Folha, que "não tem sentido cobrar da população por isso".

"A música deve ser servida de graça, em Jeri, já que estão nos emprestando sua beleza natural como palco."

Por isso, não cobrará ingresso para nenhuma das atividades do evento orçado em R$ 448 mil para a sua realização.

O primeiro show será de Giuliano Eriston, 13, guitarrista, morador de Jeri, que despontou no evento passado ao participar de "canjas" que aconteceram nos bares, depois dos shows, ao lado de mestres como Arismar do Espírito Santo, Toninho Horta e o baixista Sisão Machado.

"Ele foi convidado a participar desta edição, como atração, por ser extremamente musical e ter atitude", explicou o produtor.

No time de craques e com muito mais experiência, está o polivalente acordeonista e compositor francês Richard Galliano, 59, apaixonado pela música brasileira, jazz, Bach (1685- 1750) e Sivuca (1930-2006) de quem foi amigo. Galliano pede a quem for escutá-lo que faça silêncio.

"Meu show é solo. Preciso disso", explicou, em entrevista à Folha, por telefone, de Ierevan, capital da Armênia, onde passou com sua turnê mundial. O músico prometeu interpretar algumas de suas composições como "Tango Pour Claude", "New York Tango", além de "Odeon", de Ernesto Nazareth (1863-1934), "Libertango", de Astor Piazzolla (1921-1992) e alguns standards de jazz escolhidos na hora.

"Canjas" musicais, nos bares e restaurantes da beira da praia, onde músicos se reúnem e tocam a vontade, estão garantidas no término dos shows.

Com um time de músicos virtuoses improvisando como este, impossível será recolher todas as notas musicais executadas, que devem ficar espalhadas pelas areias e arredores de Jeri, durante milênios. Estas jamais irão se decompor.

PROGRAMAÇÃO

Dia 30/11

Giuliano Eriston (CE) – 20h
Moderna Tradição (SP) – 21h.
Banda Mantiqueira (SP) – 23h

Dia 1/12

Trio Curupira (SP) – 21h
Manasses (CE) – 23h

Dia 2/12

Richard Galliano (França) – 21h
Rudy y Nini Flores com participação de Luiz Carlos Borges (Argentina/RS) – 23h

Dia 3/12

Dory Caymmi e Renato Braz (RJ/SP) – 21h
Joyce Moreno participação especial de Theo de Barros – 23h

Dia 4/12

Yamandú Costa (RS) – 21h
Hermeto Pascoal (AL) – 23h

OFICINAS/WORKSHOPS

Prática de Conjunto e Guitarra – Oficina com Arismar do Espírito Santo

Violão – Oficina com Maurício Carrilho

Violão – Oficina com Alessandro Penezzi

Piano – Oficina com André Marques

Composição – Oficina com Celso Viáfora

Sax – Oficina com Marcelo Bernardes

Panorama da MPB – Oficina com Pedro Aragão

Flauta – Oficina com Toninho Carrasqueira

Percussão – Oficina com Cleber Almeida

Bateria – Oficina com Márcio Bahia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s